Transit Festival: Rito de partilha

date

22. junho 2019

time

11:00 - 12:00

location

Odin Teatret
Særkærparken 144
7500 Holstebro
Denmark

see map

Ticket

Kr. 120 / 60

Rito de partilha é uma demonstração solo de trabalho, realizada pela atriz Daniele Santana que há 14 anos atua e pesquisa teatro no grupo Contadores de Mentira. Nesta demonstração atriz compartilha alguns elementos base da construção de alguns personagens criados por ela ao longo de sua trajetória no grupo. Neste trabalho a atriz convida o público a conhecer um pouco desse momento íntimo que é a criação e a exploração do seu corpo e busca de alguém que dele surgirá. Também é apresentado traços da investigação do grupo sobre o “Ator/atriz – brincante”, que utiliza saberes da cultura popular brasileira, suas danças e ritmos, para um treinamento físico e e também para a construção de um corpo “quebrado”, que pulsa e baila primeiro por dentro e depois por fora, em forma de ações, intenções, e metáforas.

Esta demonstração de trabalho traz por meio de recortes de cenas, exercícios cênicos, a dramaturgia física do grupo. De modo a celebrar um tema e não apenas interpretá-lo na dramaturgia da razão.

Indicação livre – 60 minutos

Daniele Santana

Atriz, militante e gestora cultural. É atuadora do grupo Contadores de Mentira desde 2004 onde desenvolvem investigações teóricas e práticas sobre Teatro Antropológico, com ênfase nos conceitos de “Metáfora, rito e celebração” que é base de pesquisa e construção do grupo.
Com os Contadores de Mentira criou as obras: (em teatro) “Curra-temperos sobre Medeia” “O Incrível Homem pelo avesso”, “Coma-me: O estado de revolta,, “Rumi – la marcha de los que se van”, co produção com o grupo equatoriano Contraelviento teatro, e “Dom Quixote”. (Em música) “Banda Contadores de Mentira”; (em intervenções) “Relicários da Memória”, “ TV Contadores de Mentira” (em vídeo) “Quebrai-me – apoteose de uma utopia estirada até o limite da morte ; (demonstrações de trabalho) “Rito de Partilha”, “Pensar com o pés”.
É gestora no espaço Cultural Teatro Contadores de Mentira, onde faz parte da Coordenação dos Projetos Pedagógicos - Culturais.
É criadora dos projetos “Ventre em teia – encontros de mulheres da cena” que discute protagonismo feminino e legado da mulher na cena, e “Palco e Pátio – vivências artísticas na escola” que desenvolve formação cultural para crianças e educadores.
É integrante da Rede de Internacional The Magdalena Project, hoje estabelecida em mais de 50 países.
Integra o projeto de intercâmbio “Ofício e Raízes” que teve duas edições internacionais e duas nacionais. Recebendo mestres e mestras de diversas partes do Mundo. Também é uma das criadoras e organizadoras do Festival E(s/x)tirpe Encontro para Celebração e Rito, que está em terceira edição e que reuniu cerca de 50 grupos de teatro, dança e música.

Em produção fez parte do Festival Internacional Knots Nudos; I Encontro
Regional de Autores do Alto Tietê; Do FIIT Festival de Internacional de Itinerâncias Teatrais;
de 5 edições da Mostra de Referências Teatrais de Suzano.
Em formação desenvolve cursos e vivências teatrais com foco nas pesquisas que
desenvolve em torno do Teatro Antropológico. É arte-educadora nos projetos: “Atuadores de
barro na cidade de concreto” e “Pedagogias para o desequilíbrio” do grupo Contadores de
Mentira. Já desenvolveu oficinas e palestras em diversas instituições independentes e
particulares, escolas públicas e associações, Sesc, espaços de grupos, coletivos independentes,
na Universidade Central de Engenharia do Peru, na PUC Peru, na Universidade Central do
Equador, no Centro Cultural Casa Baltazar em Córdoba México, Centro Cultural de Ayacucho
Peru, Centro Cultural de Munro em Buenos Aires Argetina, Centro Cultural de Maringá –
Paraná.
É editora do jornal “Do outro lado da linha”; e autora do “Livro do Educador -
teatro em sala de aula”, pelo projeto BOCA DE CENA da editora DCL. Tem artigos publicados
nas Revistas cubanas “Conjunto” e “La jiribila”, e no blog Argentino “Magdalena 2º
generación.
É integrante do FLIGSP fórum que discute e luta por Políticas Públicas para o
Litoral, Interior e Grande São Paulo. Integra também o “Corredor Cultural” movimento que
promove Trocas de saberes, vivências e Circulação de obras artísticas.

 

BILHETES

DKK 120 / 60 para estudantes; Pensionistas; grupos de 10 ou mais

Reserva de bilhetes: tel. +45 9742 4777
De segunda a sexta das 09:00 h às 15:00 h.
E-mail: odin@odinteatret.dk

Os bilhetes reservados devem ser recolhidos até 15 minutos. antes do início da performance.

 

Esta demonstração de trabalho é apresentada como parte do 9º TRANSIT FESTIVAL  hospedado em Odin Teatret.

 

TRANSIT FESTIVAL 12 - 23 de junho de 2019

Um festival internacional de teatro para mulheres no teatro contemporâneo. O tema do festival deste ano é Esperança em Ação, durante o qual 56 apresentações, 6 workshops e duas exposições de arte serão apresentadas por mais de 75 artistas dos 5 continentes.

O Transit Festival existe desde 1995 e faz parte do The Magdalena Project, uma rede internacional de mulheres no teatro criada para permitir que as mulheres produzam trabalhos que reflitam mais profundamente sua própria experiência.
O festival é dirigido por Julia Varley, atriz de Odin Teatret.

PROGRAMA em inglês (formato pdf)